quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Feriado e maturidade

Eu(25), Léo(34) e Adauto(31) passamos uma hora e meia serrando madeira e pregando pra fazer um gol mais ou menos do tamanho de um de futsal. Depois de pronto e com o Eric(28) que chegou do serviço e o Chaco(25) que nos viu trabalhando no projeto, jogamos gol de classe até ás 21hs da noite sem deixar os filhos do Adauto brincarem, a Nicolle(6) e o Thiago(3), a gente deu um boi pro Gabriel(10) porque ele é bom de bola. O Lucão(7) da rua de cima jogou um pouco também, mas o pai dele chamou e ele teve que ir embora, o Thi thi e a Nicolle ficaram chorando porque não estavam jogando e nós brigamos com eles. Até parece criança pô !

Adauto, Léo, Eu e Eric

Nicolle

Thi thi

8 comentários:

Marilia Ferreira disse...

Po, quem serão as crianças da história??
imagina, deixar que os menores joguem bola....
mas sei que é medo pq com certeza com eles em campo, ganhariam!

hahaha

Beijos

.leticia santinon disse...

Tadinho do Thi e da Nicolle, seus bestas, vou socar vocês.

Marcela Prado disse...

Depois eu digo q vc quer procriar desesperadamente e vc diz q não.

Esses dias tava ouvindo comportamento geral no meu mp4. =)

Marcela Prado disse...

e dai? vc vai escrever aquele texto q a gente combinou?

Marcela Prado disse...

Escuta, já que vc não vai mais alegrar minhas manhãs de domingo, vc poderia ao menos alegrar minhas tardes de trabalho atualizando isso aqui né?

.leticia santinon disse...

Não atualiza pq? Deixou de lado sua "verve" revolucionária e se entregou ao capitalismo?

Eduardo Machado Santinon disse...

Aí você tá tirando já, vou ser obrigado a escrever, entregue ao capitalismo é a tua mãe! Pode deixar que eu vou escrever nessa porra e vai ser logo mais Marcela.

Marilia Ferreira disse...

Acho que não tem mais salvação...