sábado, 13 de junho de 2009

Joio com joio

Não adianta. Por mais que eu me esforçe (e como me esforço!), não consigo separar o que é produto do produtor. A pessoa pode ser fudida no que faz, mas se é escrota, eu quero soca-la. Sendo assim, talentosos sem alma e compaixão, vão tomar no cú, seus vacilão !

14 comentários:

Camilla para os menos íntimos... disse...

é.... concordo em gênero, número e grau!

Marcela Paiva disse...

"seus vacilão"


yeah!

Luciene disse...

Ninguém pode ser perfeito em tudo!!rsrs

Rodrigo Artur disse...

Voadora?

Cleyton disse...

Já vi que vai rolar fight! kkkkk

.lucas guedes disse...

e tenho dito.

.

Bola, o André disse...

Excelente post, bem apropriado, como sempre concordo plenamente, só falta assinar ali embaixo com meu nome...Bejunda

Eduardo Araújo disse...

plurais horríveis!!!!!!!! hehehehehe você não tem salvação.

Camilla para os menos íntimos... disse...

lembrei: a regra é clara! então deve ser isso aí que vc falou mesmo... rsrs!

Lubi disse...

hahaha

eu separo.
eu tento.

(e amanhã é seu dia de estreia. aguardando ansiosamente.)

beijo.

Tatiana Lazzarotto disse...

eu tenho esse problema com gente linda e estúpida. elas se tornam feias.
amanhã estarei na primeira fila.

Lubi disse...

pensando:
e acho que só consigo separar, porque espero que separem, quando eu me 'permitir' (permitir só pra amenizar o fato de escrotidão ser involuntário) ser escrota, mesmo sendo boa em algumas coisas que faço.
talvez seja ser humano.

(hahaha, viagem total)

beijos;

Juliana Cruz disse...

concordei com a tati. e sobre escrotos bons no que fazem, super consigo separar.

Eduardo Araújo disse...

eu tou esperando voce postar mais textos. que que há? tá miguelando?