sábado, 5 de setembro de 2009

O sistema é mau

Mas minha turma é legal, e a Lilian, bibliotecária foi demitida. Ela me conhece desde pequeno, ela que me arrumou o emprego. Ela trabalhava feito uma égua e não tirava a cabeça de lá nem quando estava em casa. Pedimos muito pra ela mudar isso. Aquilo lá é qualquer coisa menos uma faculdade, uma biblioteca. Aquilo, igual a todo o resto, é empresa. E empresas não se importam com pessoas. Contenção de gastos, é a justificativa. Lucro é o que importa. Cansei. Mas cansei mesmo. De presenciar tristeza alheia por causa dessa bosta de empresa. Empresa no sentido amplo que carrega, seu emprego, seus horários, suas contas, e mais um monte de seus chatos e dispensáveis num mundo sadio. Nesse nosso doente são prioridades. Sempre pensei em chutar toda essa porra, mas não tanto quanto ultimamente. A Lilian é um doce, e as empresas são uma bosta. Sorte (do sistema) que eu tenho vocês, sorte dele que eu tenho a garantia que um dia vamos nos abraçar, e pra que isso aconteça eu (ainda) preciso dele pra fazer um filme...

6 comentários:

.lucas guedes disse...

tudo visa ao lucro, escola, faculdade, biblioteca, hospital, não tem jeito. satisfeitos ou não com nossos empregos, só posso dizer que é assim mesmo, uma troca.

o lance é saber lidar com essa troca de esforço físico e mental por um bocado de trocados no fim do mês.

e a vida segue.

.leticia santinon disse...

Não acredito que demitiram a Lilian, e não acredito que é por aqui que eu fico sabendo, seu tonto.

FABI disse...

Que bosta esse sistema de merda... Sinta minha revolta pela Lilian, pela Inês e por tantos outros e quem deveria estar no lugar delas (o olho da rua) se vale de privilégios!

Marcela Paiva disse...

"o sistema"

tadinha da lilian.

qlq dia minha mae me demite tbm. ou eu peço contas.

Bola, o André disse...

O grande monstro invisível ataca novamente...

Tatiana Lazzarotto disse...

Essa música é sua cara, Eduardo Santinon.
E eu sempre a ouvi pensando que queria um milhão de amigos, em um tempo em que eu nem pensava na maldade do sistema.
E nem no dia que eu teria alguém de tão longe para xingá-lo comigo